{notícias}

Seleção de rugby passa por testes antes de desafios no Campeonato Sul-Americano

24/04/2018 < Voltar

Nesta terça-feira (24), o Núcleo de Alto Rendimento Esportivo de São Paulo (NAR) recebeu a seleção brasileira de rúgbi para avaliações de salto e velocidade. Os tupis já estão se preparando para o Campeonato Sul-Americano em maio, quando jogarão contra Chile, Argentina e Colômbia.

Parte da seleção brasileira já treina diariamente no NAR. Outros atletas fazem suas atividades em outras academias e centros de treinamento ao redor do Brasil. Em razão das avaliações, porém, a equipe completa se deslocou para o Núcleo nesta terça-feira.

A avaliação de velocidade, consistiu de um teste de 40 metros, que incluiu as parciais de 10m e 30m. O intuito é identificar as diferentes fases do desempenho da velocidade de cada atleta e compará-las com avaliações anteriores, também realizadas no NAR.

“A velocidade é uma capacidade determinante para o desempenho no rúgbi,” diz o preparador físico da seleção, Felipe Schultz. “Por isso, nesse momento pré-competição, a seleção fez uma avaliação no início e no final da preparação para identificar a melhora e como os atletas vão responder no campeonato.”

Este ano, o regulamento do Campeonato Sul-Americano prevê apenas três partidas por equipe. As seis seleções participantes (Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Paraguai e Uruguai) serão divididas em duas conferências. As partidas então serão disputadas entre as equipes de cada conferência, e não dentro delas, e o campeão será quem conquistar mais pontos ao final das três rodadas.

A seleção encarará Chile e Colômbia em São Paulo e Belo Horizonte, respectivamente, nos dias 5 e 19 de maio, e viajará apenas para jogar contra a Argentina, no dia 12, em Buenos Aires. Com dois jogos em solo nacional, o capitão Yan Rosetti conta com a presença da torcida.

“Vai vir muita gente, então estamos esperando o apoio de todo mundo para nos dar uma força, pois os jogos serão difíceis”, diz o líder da equipe.

Yan também ressaltou a importância das avaliações e da estrutura do NAR para a preparação da equipe.

“Para nós é muito importante ter um lugar para treinar, um lugar para melhorar. A qualidade do NAR, eu acho que é o melhor centro de treinamento que nós temos,” ele diz. “Nosso time é bom, mas está melhorando muito, e um dos motivos para isso é o NAR.”

A seleção brasileira de rúgbi retornará ao NAR na próxima semana para um camp de treinamento, agora com os jogadores relacionados para as três partidas.

 

{

REDES SOCIAIS

}

MANTENEDOR

APOIO

NAR - Núcleo de Alto Rendimento Esportivo de São Paulo - Todos os direitos reservados.