{notícias}

NAR forma segunda turma do CEU Olímpico

16/10/2018 < Voltar

Os professores da rede pública de São Paulo participaram do programa CEU Olímpico da SME (Secretária Municipal de Educação) e concluíram o curso de atualização no NAR (Núcleo de Alto Rendimento Esportivo de São Paulo - NAR-SP). Cerca de 30 analistas do esporte, que ministram diariamente aulas nos CEUs, puderam acompanhar o trabalho desenvolvido no centro de pesquisas que é a maior referência na avaliação e prescrição de treinamento para atletas de alto rendimento do Brasil.

Com carga horária de 80 horas e duração de 20 semanas, o curso teve por objetivo instrumentalizar os professores da rede pública para aplicação do conhecimento científico na prática.

"O objetivo é atualizar os professores com conteúdos científicos que podem ser aplicados no dia a dia. Abordamos assuntos que vão desde o ensino-aprendizagem até a melhor forma de se avaliar e prescrever treinamento para alto rendimento esportivo. Para nós é um privilégio ter uma área de cursos que possibilita espalhar de forma gratuita o conhecimento produzido aqui para toda a cidade de São Paulo", explicou o Prof. Dr. César Cavinato Cal Abad, coordenador Pedagógico e responsável pelos cursos oferecidos no NAR.

Márcio Fortunato, professor de Educação Física e analista de esporte do CEU Parque Veredas, localizado na zona leste de São Paulo, acredita que os ensinamentos transmitidos vão ajudar a desenvolver todas as potencialidades das aulas e auxiliarão no desenvolvimento dos alunos.

“O NAR está possibilitando novos desafios em minha vida. Ampliando meus conhecimentos e aprimorando-os por meio dos seus conteúdos atualizados. O curso trouxe uma nova visão de prescrição de treinamento fazendo com que os analistas dos CEUs tornem suas intervenções cada vez mais qualificadas. No aspecto psicológico, nos motivou a lidar com mudanças, buscar soluções, conviver com adversidades. Além disso, nos permite pensar na melhor forma de desenvolver as habilidades e as competências de nossos nossos alunos", disse Marcio Fortunato.

Conhecer novas alternativas de avaliação de desempenho dos alunos, implicará em mudanças positivas para todos. “A grande maioria percebeu que estava ministrando as aulas em ‘modo automático’. Esse conhecimento me permitiu melhorar ainda mais a qualidade das minhas aulas. Percebi que é possível acompanhar o desenvolvimento dos alunos de forma simples, mesmo quando não se tem disponibilidade de equipamentos caros ou instrumentos sofisticados. Acredito que essa parceria entre a SME e o NAR só trará ganhos para profissionais, alunos e, quem sabe, futuros atletas”, avaliou a analista Priscila Vanni, do CEU Alvarenga, situado na zona Sul de São Paulo.

O programa CEU Olímpico fortalece a missão do NAR que é fomentar o esporte em todas as suas dimensões. Isso tem início no grande público e ninguém melhor que o professor para promover a prática esportiva desde a infância.

"O Instituto Península acredita que a transformação do país acontece ultrapassando os muros da sala de aula. Isso se torna possível por meio de professores capacitados e valorizados. Neste contexto, o NAR cumpre seu papel ao contribuir com a formação dos professores de educação física da rede pública", comentou Irineu Loturco, diretor técnico do NAR.

 

{

REDES SOCIAIS

}

MANTENEDOR

PATROCÍNIO

APOIO

NAR - Núcleo de Alto Rendimento Esportivo de São Paulo - Todos os direitos reservados.